FORMAÇÃO DE ANALISTA

FORMAÇÃO DE ANALISTA DO CEJAA

Para quem é a formação e como surgiu

O CEJAA – Centro de estudos Junguianos Analistas Associados foi fundado no ano de 2018 por Andréa Alencar, Analista e estudiosa da teoria de Carl Gustav Jung, principalmente, mas também de Freud, Lacan, Winnicot, Freire, Von Franz, Spielrein,  Nise, dentre outros autores e estudiosos do humano. O CEJAA surge, portanto, do desejo de continuar a estudar e de compartilhar esses estudos buscando, assim, tornar a prática do ofício de Analista mais responsável e segura.

Com essa ideia, Andréa Alencar convida amigos para lerem juntos o livro Memórias, sonhos e reflexões, uma autobiografia de Jung, organizada por Aniela Jaffé. Este grupo se consolida e cresce e hoje somos um grupo compostos por sete Analistas Associados, Me. Andréa Alencar, Dra. Cristina Siaines, Esp. Cris Vianna, Esp. Elizabeth Timbó, Esp. Paula Germann, Psicólogo Rafael Rodrigues e a nossa primeira Analista em Formação Dra. Adriana Facina. Nestes últimos quatro anos, ampliamos nossos estudos e, a partir disso, nasceu a Clínica CEJAA que disponibiliza atendimentos por valores mais acessíveis, assim como, algumas vagas para Clínica Social, totalmente gratuita. Dessas iniciativas surgiram, cada vez mais, interessados em participar dos nossos estudos e é dessa demanda que nasce a Formação de Analista Associado do CEJAA.

Já como Analistas Associados, entendemos que precisávamos oportunizar a mais pessoas a possibilidade de fazer parte dessa formação. Entendíamos que muitos que queriam e querem continuar a formação não conseguem, devido aos altos custos das formações no Brasil e também de exigências que vão contra a própria filosofia junguiana sobre quem pode ser um Analista e como deve ser a formação. Assim nasce o CEJAA, do desejo de possibilitar a Formação de Analista a um número cada vez maior de pessoas que estejam dispostas a estudar, a ampliar o seu conhecimento e depois compartilhá-lo.

Quem pode fazer a formação? Qualquer estudante que tenha feito, no mínimo, uma pós-graduação em Psicologia Analítica, de qualquer instituição de ensino, desde que reconhecida pelo MEC ou que comprove notório saber. A Formação não exige do candidato que seja médico ou psicólogo, assim como não o exigiu Jung.

Objetivo

Proporcionar um ambiente de estudos que possibilite a Formação de Analistas que atendam aos principais fundamentos da Psicologia Analítica, mas que não fiquem presos apenas à teoria, que possam ampliar o olhar para a atualidade e assim entender que a prática exige estudo constante. Para tanto, a Formação se propõe a relacionar a teoria junguiana com outras Disciplinas como a Psicanálise, a Antropologia, a História, a Filosofia, a Literatura etc. Tudo o que tratar do humano deverá servir como fonte de estudos para a formação, assim como a prática do ofício de Analista.

Diferenciais

Os diferenciais desta formação são principalmente a relação custo e qualidade e a possibilidade de aperfeiçoamento contínuo. Além disso, o que é proposto pelo CEJAA é um trabalho de pesquisa, isso por si só já é um grande diferencial. Portanto, nos propomos a enriquecer o nosso entorno com o resultado de pesquisas, orientadas por professores experientes, na linha da Psicologia Analítica.

Sendo assim, o Analista em Formação poderá, em até dois anos, dependendo do seu ritmo de estudos, ter concluído sua formação e passar a integrar o grupo de Analistas do CEJAA, se propondo, portanto, a estar em contínuo processo de terapia, supervisão e estudo.

Requisitos

O interessado em continuar seus estudos e integrar o CEJAA como um Analista associado precisa cumprir as seguintes etapas:

- Enviar um memorial, de no mínimo 3 páginas e no máximo 10 páginas, falando um pouco da sua trajetória e da sua motivação em fazer parte do CEJAA

- Participar de entrevista para discutir o memorial

- Ter concluído um curso em pós-graduação em Psicologia Analítica em qualquer instituição de ensino, reconhecido pelo MEC, ou comprovar notório saber

- Comprovar, por meio de declaração do Analista, que está em processo analítico de linha junguiana ou entrar para a terapia com um dos membros associados

Etapas da formação livre em Analista

- Filiar-se ao CEJAA como Analista em Formação (anuidade R$150,00)

- Entrar para o grupo de supervisão (R$35,00 p/ encontro)

- Entrar para o Grupo de Estudos Memórias (R$35,00 mensais)

- Orientação de trabalho de pesquisa: Mínimo de 6h anuais de orientação com um dos analistas associados (h/a R$120,00)

- A formação estará voltada para a pesquisa e para que o Analista em formação passe a integrar o grupo de associados, do CEJAA

- A formação terá a duração de 2 anos ou mais, dependendo do ritmo do formando

- Psicoterapia Individual: dois anos de análise individual, aproximadamente 100h, com Analistas Associados do CEJAA (R$120,00 a R$150,00 a sessão) ou comprovar que está em terapia de linha junguiana, por meio de declaração do profissional

- 60 horas de Supervisão em grupo (R$35,00, cada encontro)

- 20 horas de Supervisão Individual com um Analista Associado do CEJAA (R$120,00 a R$150,00 h)

- Confecção de trabalho de pesquisa sobre temática da Psicologia Analítica, com orientação de professor Analista Associado, de no mínimo 100 páginas, que será avaliado por banca composta por professores convidados

Fazem parte da formação:

- A produção de um artigo, de três a seis laudas, por semestre, que comporão periódico trimestral do CEJAA

- Atendimento psicoterapêutico: 150 horas de atendimento clínico para a clínica social do CEJAA, assim como para a clínica de preços populares

 - 60 Créditos em cursos e palestras que venham a ser disponibilizados pelo CEJAA.

- Participação nas atividades culturais e acadêmicas do CEJAA

Linhas de pesquisa – Psicologia Analítica e o sujeito contemporâneo

- Diálogos entre a Literatura, cinema e a Psicologia Analítica, as representações do “mal”, da mulher, da sexualidade, complexos, adoecimentos etc.

- Diálogos entre a Psicologia Analítica e o Feminismo, a Teoria Queer, os Estudos de Gênero, sexualidade e identidade. Anima e Animus e Complexos Culturais/Coletivos na Psicologia Analítica. A Psicologia Analítica e a produção intelectual, política e cultural das mulheres.

- Os mitos clássicos femininos e as suas representações no mundo contemporâneo

- Os principais diálogos entre a Psicanálise e a Psicologia Analítica

- Questões sociais, psicopolítica do poder e os adoecimentos do sujeito contemporâneo

- Contribuições da Psicologia Analítica para a Educação